Conheça a História de São Cipriano de Cartago

Após conversão, São Cipriano tornou-se bispo e foi um grande mártir da Igreja Católica!

Compartilhar
São Cipriano
A vida de São Cipriano foi marcada por perseguições. Fonte: Flickr.

Considerado um dos santos mais importantes da Igreja Católica no século III, Táscio Cecílio Cipriano, conhecido como São Cipriano de Cartago, ficou conhecido na comunidade cristã por seu devotamento à Igreja e pelos seus textos teológicos, que defendiam a moral cristã e o bom comportamento dos fiéis. 

História e vida de São Cipriano

Antes de tudo, é importante diferenciar São Cipriano de Cartago de São Cipriano de Antioquia. O primeiro foi bispo de Cartago, na África, entre os anos 249 a.C e 258 a.C. Ao contrário de São Cipriano de Antioquia, que antes de sua conversão deixou manuscritos e obras associadas ao ocultismo, São Cipriano de Cartago deixou diversos escritos teológicos que não têm associação nenhuma com magia e ocultismo. 

Nascido de família rica, em Cartago, na África, São Cipriano converteu-se ao catolicismo aos 35 anos e foi uma das figuras mais importantes e empenhados na organização da Igreja Católica na sua terra natal. Após sua conversão, tornou-se sacerdote e depois bispo. Foi autor de diversas cartas e tratados ligados ao seu ministério, sempre buscando edificar a comunidade e com foco no bom comportamento cristão. 

Na sua missão de evangelizar e disciplinar o povo africano, sofreu diversas perseguições, mas manteve-se firme no seu propósito e foi um dos mais disciplinados na comunidade cristã. Durante o tempo em que foi bispo, enfrentou junto com seu povo grandes dificuldades, pois a África enfrentava uma grave epidemia que colocou em dúvida a fé de muitas pessoas, tanto na comunidade cristã, quanto na comunidade pagã.

Converteu-se aos 35 anos e antes disso foi um advogado, muito popular por sua retórica. Sua conversão foi brusca e causou espanto em muitas pessoas que o conheciam na época. Não demorou muito para que fosse ordenado sacerdote e bispo, devido a sua disciplina e dedicação à moral cristã.

No entanto, a vida de São Cipriano foi marcada por perseguições, como a do Imperador Décio, em 249. Devido ao trabalho que desempenho na igreja que lhe foi confiada, São Cipriano tocou várias pessoas que passaram a segui-lo fervorosamente por seu amor a Deus. 
Esse comportamento chamou a atenção da autoridade local que passou a persegui-lo. Em 249 por Décio e em 257 por Valeriano. Este último condenou o bispo ao exílio e depois ao martírio, em 258 d.C.

Oração a São Cipriano

Pela Intercessão de São Cipriano, e todo o coro de Arcanjos, anjos, Santos e Profetas. Senhor eu lhe rogo que afasteis de mim, da minha casa, da minha vida e da minha família todo o mal, toda a inveja, todo o orgulho, todo o egoísmo.

Eu lhe suplico que esta pessoa (nome da pessoa que está perturbando a sua vida) seja colocada em seu devido lugar, que ela deixe de perturbar a minha casa, a minha vida e a minha família. Que ela não seja nunca capaz de abalar a minha fé!

Eu lhe imploro, Senhor, pelos poderes de São Cipriano que intercedeis por mim nesta batalha! Que esta pessoa (nome) rompa eternamente os seus laços comigo, que perca a inveja, que perca o desejo de me fazer o mal e de me destruir. Amém.


O que achou do nosso artigo sobre São Cipriano de Cartago? Se você gostou, inscreva-se em nosso site e receba nossas atualizações sobre outros santos!

Leia também:

Veja Também