Davi roga a Deus que o livre dos seus inimigos e lhe perdoe os seus pecados

1 De Davi. Ó SENHOR Deus, a ti dirijo a minha oração.

2 Meu Deus, eu confio em ti. Salva-me da vergonha da derrota; não deixes que os meus inimigos se alegrem com a minha desgraça.

3 Os que confiam em ti não sofrerão a vergonha da derrota, mas serão derrotados os que sem motivo se revoltam contra ti.

4 Ó SENHOR, ensina-me os teus caminhos! Faze com que eu os conheça bem.

5 Ensina-me a viver de acordo com a tua verdade, pois tu és o meu Deus, o meu Salvador. Eu sempre confio em ti.

6 Ó SENHOR, lembra da tua bondade e do teu amor, que tens mostrado desde os tempos antigos.

7 Esquece os pecados e os erros da minha mocidade. Por causa do teu amor e da tua bondade, lembra de mim, ó SENHOR Deus!

8 O SENHOR é justo e bom e por isso mostra aos pecadores o caminho que devem seguir.

9 Deus guia os humildes no caminho certo e lhes ensina a sua vontade.

10 Ele é fiel e com amor guia todos os que são fiéis à sua aliança e que obedecem aos seus mandamentos.

11 Ó SENHOR Deus, cumpre a tua promessa e perdoa os meus pecados, porque são muitos!

12 Aqueles que temem o SENHOR aprenderão com ele o caminho que devem seguir.

13 Eles sempre terão sucesso, e a Terra Prometida será dos seus filhos.

14 O SENHOR Deus é amigo daqueles que o temem e lhes ensina as condições da aliança que fez com eles.

15 Eu olho sempre para o SENHOR, pois ele me livra do perigo.

16 Ó Deus, olha para mim e tem pena de mim, pois estou sendo perseguido e não tenho proteção!

17 Livra o meu coração de todas as aflições e tira-me de todas as dificuldades.

18 Vê as minhas tristezas e sofrimentos e perdoa todos os meus pecados.

19 Vê quantos inimigos tenho; vê como é grande o ódio deles contra mim.

20 Protege-me e salva-me; livra-me da vergonha da derrota, pois em ti encontro segurança.

21 Que a minha honestidade e sinceridade me protejam porque confio em ti!

22 Ó Deus, salva Israel, o teu povo, de todas as suas dificuldades!

Compartilhar