Quaresma: O que é e Quando Surgiu

Entenda o significado desse período de purificação que antecede a época da Páscoa

Compartilhar
Jesus na cruz
A Quaresma é um período de abstinência. Imagem: Pxhere.

Logo depois da folia do Carnaval começa o período da Quaresma. Esta época dura 40 dias e é envolta em simbolismo e penitência. Porém, acima de tudo, ela é sinônimo de reflexão e contato intenso com Deus. Acompanhe o artigo de hoje e entenda melhor qual a real importância desse período na vida dos cristãos.

O sentido da Quaresma

A Quaresma é guiada por quatro princípios básicos: oração, jejum, penitência e caridade. Em conjunto, essas ações servem para você refletir sobre sua fé, suas ações e a relação com Deus. Será que no cotidiano você, realmente, põe em prática os ensinamentos de Jesus?

O objetivo é deixarmos Deus assumir o controle das nossas vidas, colocando Ele acima de todas as outras coisas. A privação do prazer, com o jejum e a penitência , é uma forma de observarmos o que realmente é importante, aquilo que nos faz falta e o quanto estamos vivendo a vida dedicados a coisas banais. Só depois de ganharmos essa consciência podemos trabalhar o sentido espiritual.

A oração surge como a maneira de tornar esse contato com Deus cada vez mais intenso. Já a caridade aparece como a forma de praticar o amor cristão, ajudando os mais necessitados. Porém essa ajuda precisa vir como uma forma de desprendimento, ou seja, é abrir mão de algo para si mesmo e oferecer a alguém mais necessitado.

O simbolismo da época

Os 40 dias da Quaresma têm relação com o sofrimento de Jesus, tanto em relação à morte dEle na cruz como ao tempo que o mesmo permaneceu jejuando no deserto. Porém, a simbologia do número 40 é algo muito forte na Bíblia e aparece em outras passagens do Velho e Novo Testamento. Alguns dos registros incluem:

  • 40 dias de dilúvio na época de Noé;
  • 40 anos de peregrinação do povo judeu pelo deserto depois de fugir do Egito;
  • 40 dias que Moisés passou no Monte Sinai.

A data da Quaresma

O período da Quaresma foi instituído em nosso calendário no século IV, mais precisamente em 325 d.C., durante o Concílio de Niceia, na Turquia. Nessa reunião, os bispos da Igreja Católica estabeleceram a data de comemoração da Páscoa e definiram o período da Quaresma. Esta tem início na Quarta-Feira de Cinzas e vai até o Domingo de Ramos (domingo anterior ao do dia de Páscoa).

O simbolismo da Quarta-feira de Cinzas faz referência às cinzas bentas que são impostas nas cabeças dos fiéis, de forma a lembrar que a vida é passageira. Já o Domingo de Ramos é uma festa que comemora a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém.

As ações religiosas

Atualmente, o tempo da Quaresma segue uma séries de rituais dentro da Igreja Católica. Um deles é que durante a maior parte do período os sacerdotes usam vestimentas em tons de roxo, uma cor litúrgica que representa penitência e conversão. No Domingo de Ramos, o tom é substituído pelo vermelho, que está associado ao sangue de Cristo, lembrando o sofrimento do Salvador na cruz.

A cada um dos seis domingos que compreendem a época, as missas abordam reflexões relacionadas ao arrependimento, à purificação dos pecados e à reconciliação com Deus. Qualquer outra celebração que ocorra em um dos domingos da Quaresma, como a festa de algum santo, é antecipada ou adiada.

A Quaresma é um dos períodos mais importantes para os cristãos. Como você percebeu ao longo do texto, ela tem um grande significado de purificação, desprendimento material e conexão espiritual.  Várias regras e simbolismo envolvem esse período de preparação para a Páscoa.


Se você quer acompanhar outros conteúdos religiosos inscreva-se em nosso site.

Veja também:

Veja Também